Cândido Rodrigues; Gizele Zanotto

2013

CATOLICISMOS E SOCIABILIDADE INTELECTUAL NO BRASIL E NA ARGENTINA

R$ 25,00Preço

Amparados na concepção de que os intelectuais podem ser entendidos a partir de duas concepções não excludentes - criadores e mediadores culturais e sujeitos engajados direta ou  indiretamente nas questões da cidade -, como proposto por Jean F. Sirinelli, a história intelectual, assim como a história dos intelectuais e mesmo a história das ideias retomaram seu vigor. Junto a isso, outras propostas de análise têm sido qualificadamente mobilizados para refletir sobre esse grupo social com marcada ação nos âmbitos político e cultural. A consideração de suas biografias (articuladas ao seu tempo, relações, formação, etc.), de seus itinerários políticos e sociais, de seus vínculos a redes de sociabilidade (revistas, publicações, manifestos, abaixo-assinados, etc.), os efeitos de geração, entre outros, nos demonstram a proficuidade desses estudos.

© 2019 por EdUFMT  - Editora da Universidade Federal de Mato Grosso
Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367 - Bairro Boa Esperança. Cuiabá - MT, CEP 78060-900