DE NOVA CARA O VELHO CHORO: PERSPECTIVAS ARTÍSTICAS, SOCIAIS E EDUCACIONAIS

Grazielle Mariana Louzada de Souza

2018

DE NOVA CARA O VELHO CHORO: PERSPECTIVAS ARTÍSTICAS, SOCIAIS E EDUCACIONAIS

R$ 35,00Preço

Este livro procura desvendar as novas práticas do Choro investigando os aspectos artísticos, sociais e educacionais. O texto apresenta um panorama dos elementos musicais intrínsecos ao gênero tradicional e aponta o importante papel que arranjadores, compositores como Hermeto Pascoal, Guinga e Hamilton de Hollanda, grupos regionais e jazz bans, tiveram para as mudanças interpretativas e estruturais do gênero. A autora pondera sobre o "Novo Choro", levantando questões não só referentes í s mudanças do gênero, como a importância do ensino informal nas Rodas de Choro e nos ambientes formais como Universidades e escolas de música; da relevância da performance e da improvisação; da profissionalização dos músicos, da influência, da indústria fonográfica, passando pela definição de "Choro de Concerto" e teorias contempoâneas como hibridismo musical.

 

O choro tem sua história pautada pela trajetória dos grandes compositores e intérpretes. Este gênero musical atualmente apresenta duas formas características de apresentação, que podem ser entendidas como duas vertentes musicais. A primeira expressa uma sonoridade mais tradicional, ligada às rodas e reuniões em ambientes informais e populares, que agregam vários tipos de músicos, profissionais e amadores, sendo executado os clássicos do gênero. A segunda mostra novas estruturas no Choro, que passou a ter instrumentações diferentes dos antigos regionais, com utilização de guitarra, contrabaixo elétrico e bateria. A essa forma de Choro, são acrescentadas novas seções de improviso que remetem ao jazz, propostas atualizadas de arranjos e interpretações, com substituições harmônicas e novos caminhos contrapontísticos menos lineares e tonais. Este estudo sobre o Choro objetiva um reflexão sobre a produção do gênero em seus momentos históricos de mudanças, enfocando os aspectos sociais, os novos ambientes do Choro, sua prática, a formação dos novos Chorões, os novos aspectos fraseológicos, modelos de improvisação e harmonia. O intuito é apontar a complexidade dessa música nos dias atuais e divulgar a nova linguagem presente.

 

A autora

 

Grazielle Mariana Louzada de Souza

 

Iniciou os estudos acadêmicos na Universidade Federal de Mato Grosso, no curso de licenciatura em Música, em 2004. No mesmo período, iniciou um estudo sobre música brasileira por meio do grupo Bione (grupo musical que interpretava principalmente Choro e Samba). Em 2009, no encerramento da graduação em Música, fez uma pesquisa sobre o “Ensino da Roda e escola de Choro”. Tal investigação contribuiu para perceber a existência de elementos novos no Choro, já que, até o momento da conclusão da monografia, não havia muitas investigações nem trabalhos escritos sobre o assunto. Em 2010, ingressou no mestrado em Estudo de Cultura Contemporânea como projeto de pesquisa “Choro na Contemporaneidade”, o qual resultou neste livro. Hoje atua como professora de Música no Instituto Federal de Mato Grosso. 

© 2019 por EdUFMT  - Editora da Universidade Federal de Mato Grosso
Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367 - Bairro Boa Esperança. Cuiabá - MT, CEP 78060-900