MISTURA DE CORES: POLÍTICA DE POVOAMENTO E POPULAÇÃO NA CAPITANIA DE MATO GROSSO

Jovam Vilela da Silva

1995

MISTURA DE CORES: POLÍTICA DE POVOAMENTO E POPULAÇÃO NA CAPITANIA DE MATO GROSSO

R$ 25,00Preço

A ocupação e a colonização do território mato-grossense estiveram aliadas a uma geopolítica populacional portuguesa no Século XVIII. Aliada a essa geopolítica de povoamento, a Coroa se utilizou da migração interna e da incorporação dos nativos aldeados nas missões espanholas de Moxos e Chiquitos para aumentar a população. Constatou-se uma grande maioria de nativos de várias nações (Paresi, Bororo, Guató, Paiaguá, Guaicuru, Caiapó, entre outras) no conjunto de uma população, de uma pequena quantidade de negros africanos livres e escravos e um reduzido número de brancos. O resultado final foi uma multidão de mestiços.

© 2019 por EdUFMT  - Editora da Universidade Federal de Mato Grosso
Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367 - Bairro Boa Esperança. Cuiabá - MT, CEP 78060-900